Força Para Viver Espiritualidade

A vida, na verdade, não é fácil. A família, o trabalho, o futuro e até as coisas mais simples e bonitas da vida, perdem a sua cor e alegria quando nos faltam as forças para lutar e vencer. Através desta viagem pela Bíblia, em 29 lições, será conduzido, através de citações e questões, a respostas sobre a fiabilidade da Palavra, a natureza de Deus, o que acontece após a morte e o plano da salvação. Tenha uma vida com sentido e encontre força para viver!

Lições

O Amor de Deus no Fogo do Inferno

Se fôssemos Deus, sentiríamos prazer em atormentar os pecadores no inferno?

Se fôssemos Deus, sentiríamos prazer em atormentar os pecadores no inferno durante milhões e milhões de anos? Poderíamos ser verdadeiramente felizes no Céu, se soubéssemos que um familiar ou amigo perdido estava, nesse mesmo instante, a sofrer intensamente no fogo do inferno? Como poderia um Deus amoroso queimar pecadores no inferno durante toda a Eternidade? Se Deus sabe todas as coisas, não estariam esses pecadores sofredores continuamente na Sua mente? Nós próprios não quereríamos atormentar desta maneira o nosso pior inimigo.

Seria lógico que um Deus de amor mantivesse os Seus inimigos num contínuo estado de sofrimento durante toda a Eternidade? É o inferno um lugar quente no centro da Terra, um abismo ardente com milhões a gritar por libertação neste mesmo instante? Este assunto é muito importante. O conceito de um inferno eternamente a arder tem levado muitos a rejeitarem totalmente Deus. A Bíblia apresenta uma resposta clara para a pergunta sobre o amor de Deus manifestado no fogo do inferno.

Textos Bíblicos para Estudo

Isaías 28:21 Hebreus 12:29 Mateus 5:5 Provérbios 11:31 II Pedro 2:4 II Pedro 2:9 Malaquias 4:1-3 Salmos 37:10 Job 20:5-9 Provérbios 10:25 Isaías 47:14 Mateus 25:46 Judas 1:7 II Pedro 2:6 Jeremias 17:19-20 Jeremias 17:27 Apocalipse 20:9 II Pedro 3:13 Apocalipse 21:4-5 Naúm 1:9 Obadias 1:16 Ezequiel 28:17-18 Ezequiel 18:32

Complemento ao Estudo

  • Quando o antigo Israel se revoltou contra Deus, Ele permitiu que os seus inimigos os destruíssem. Deus retirou o Seu poder protector e permitiu que eles sentissem o resultado das suas próprias escolhas. A destruição de Israel foi o ?estranho acto? de Deus ou a ?sua estranha obra? (Isaías 28:21). A destruição final dos perversos não é o resultado da cólera de Deus. É o resultado da rebelião dos pecadores. Chama-se ?estranha? ou ?invulgar? porque o coração de Deus anseia salva, não destruir.

  • Uma vez que Deus é um fogo consumidor, os fogos do inferno que destroem os perversos originam-se no Seu justo carácter. Deus é um fogo consumidor para o pecado. Quando um pecador se apega ao seu pecado, Deus torna-Se num fogo consumidor para ele.

  • A destruição dos perversos é eterna. Os pecadores não permanecem vivos no fogo do inferno para sempre. Deus, num só acto, destrói-os para sempre. Esta destruição nunca necessitará de ser repetida. Um castigo eterno não é um castigar eternamente. Um castigo eterno destrói completamente. Os perversos não estão num estado de eterno ?castigar? que dure para sempre.

  • Sodoma e Gomorra não estão a arder agora! De facto, elas foram completamente destruídas e, alguns acreditam, estão sob o Mar Morto. O fogo eterno da Bíblia é aquele que destrói tão completamente que consome totalmente.

  • Tal como Sodoma e Gomorra foram transformadas em cinzas e destruídas para sempre, os pecadores serão completamente destruídos, para nunca mais viverem.

  • Jerusalém foi destruída por um fogo inextinguível, que mãos humanas foram incapazes de apagar. Ele destruiu totalmente Jerusalém. Ele foi inextinguível, no entanto Jerusalém não está a arder hoje. Um fogo inextinguível é um fogo que destrói totalmente.

  • Alguns Cristãos compreendem mal a expressão ?para todo o sempre? em Apocalipse 20:10. Na Bíblia, a expressão ?para todo o sempre? não significa existência sem fim; ela significa, literalmente, até ao fim da época ou até ao fim de um dado período. Eis alguns exemplos bíblicos de ?para todo o sempre?. O escravo deveria servir o seu amo ?para sempre? (Êxodo 21:6), ou seja, enquanto vivesse. Samuel deveria servir no Templo para sempre (I Samuel 1:22, 28), ou seja, enquanto vivesse. Jonas esteve na barriga da baleia para sempre (Jonas 2:6). A Bíblia não se contradiz a si mesma. Os pecadores são consumidos ou totalmente devorados. Eles existem nas chamas ?enquanto podem viver?. Uma nova era amanhece quando o sofrimento e a mágoa já não existem.

O Meu Compromisso Pessoal

Eu decido colocar a minha vida nas mãos do meu amoroso Criador. Ficou claro para mim que o pecado destrói, e eu anseio ser salvo pelo meu Senhor e Salvador Jesus Cristo da completa destruição no inferno.